Notícia

 
13.mar.2017

Após reforma com renomado arquiteto americano, Diretoria entrega Novo Campo de Golf dia 17.03

Graciosa inaugura novo campo de golfe

No ano em que completa 90 anos, o Graciosa Country Club apresenta uma grande novidade aos sócios – e mais um marco na história esportiva do Paraná. Depois de uma reforma completa, realizada ao longo de oito meses, o clube inaugura seu novo campo de golfe no próximo dia 17 de março. A reformulação faz parte de um conjunto importante de obras que também resulta no Centro Poliesportivo completamente reformulado, que será aberto até o início de abril, novas quadras de paddle e beach tennis e, ainda, melhorias na piscina externa, já liberada aos associados.

Com sua primeira versão inaugurada em 14 de julho de 1927, o campo de golfe do Graciosa se consagrou desde os primeiros tempos como um dos mais bonitos do país. Nunca deixou de receber manutenções e melhorias, mas necessitava de uma atualização mais efetiva. “Os equipamentos e técnicas deste esporte evoluíram de forma incrível nos últimos anos. Com isso, o campo precisava ser readaptado, explica o presidente Gláucio Bley Filho. O resultado é um campo completamente novo”, ressalta.

Foi mantido o número de buracos – nove -, mas os jogadores serão brindados com uma experiência bem diferente. “Nosso campo se tornou mais competitivo, desafiador, mas ao mesmo tempo permite um jogo muito prazeroso”, destaca o Bley Filho. “É o chamado estilo resort, definido por uma grande versatilidade. Se por um lado apresenta desafios para os golfistas mais experientes e das categorias principais, por outro é capaz de divertir e conquistar os jogadores amadores, de mais idade ou de handicap maior”.

As benfeitorias foram da grama – agora a cobertura é completamente nova, com uma variedade da mesma família que é utilizada nas Olimpíadas – chegando até à posição dos greens e obstáculos. Alguns buracos mudaram de posição. Outros, que eram de par 3, viraram par 4. Entre obstáculos e outros elementos, as bancas foram reposicionadas e não faltam surpresas como um buraco próximo ao lago. O projeto também teve especial cuidado com a arborização. Árvores condenadas foram substituídas, novas espécies foram plantadas e um bosque inteiramente novo ganhou corpo – são mais de 200 árvores, num processo acompanhado por todas as licenças ambientais necessárias e acompanhamento especializado. Outra novidade é que agora os nove buracos contam com caminhos para os golf cars, podendo ser percorridos pelos carrinhos tradicionais mesmo nos dias de chuva.

 

 

Obras de peso

A entrega da obra representa uma das grandes realizações da atual diretoria, juntamente com a reformulação do Centro Poliesportivo. “Os dois espaços serão entregues atualizados com o que há de mais moderno em seus segmentos”, aponta o presidente Gláucio Bley Filho. “Ficam com um legado para as futuras gerações de sócios, uma vez que tão cedo não será necessário fazer outra mudança tão grande”. Ele destaca ainda que prazos e orçamentos foram cumpridos à risca, o que foi fruto de muito planejamento e estudos com profissionais reconhecidos em diferentes segmentos.

“Tivemos o cuidado de em cada detalhe procurar a melhor solução técnica”, acrescenta Bley Filho. O presidente explica que a opção por realizar as duas grandes obras ao mesmo tempo levou em conta a logística. “Uma acabou ajudando a outra, principalmente no que diz respeito à entrada de materiais de construção e à saída de resíduos. A maior parte do acesso foi feita pelo próprio campo de golfe”.

Atenção aos tenistas

Ao fazer um balanço das obras, o presidente também destaca a atenção dada aos tenistas. A estrutura do Cine Ribalta, adquirida na gestão do presidente Tobias de Macedo, foi aproveitada com a construção de duas quadras de paddle e uma de beach tennis – esta última na área externa. Os novos equipamentos ganharam também a estrutura de vestiários e banheiros.

“As três novas quadras foram feitas dentro de todas as exigências das federações esportivas. O piso do paddle, por exemplo, foi importado da Espanha e está entre as especificações mais apropriadas no mundo, assim como a areia do beach tennis. Podemos sediar ali todo o tipo de campeonato. São dois novos espaços que fizeram sucesso desde a abertura, com grande adesão dos sócios”.

Curitiba na vanguarda

O projeto do campo de gole foi assinado pelo arquiteto norte-americano Dan Blankenship. Radicado no Brasil há 22 anos, ele iniciou carreira atuando ao lado de um dos maiores nomes do segmento em todo o mundo, Pete Dye, e seu filho, Perry Dye. Blankenship já executou grandes projetos no Japão, Tailândia e em seu país natal, além de obras por todo o Brasil, somando 24 novos campos, entre outros trabalhos de reforma. Todo este conhecimento foi um dos fatores determinantes para que seu projeto fosse eleito pelo Graciosa, além de ainda ter apresentando a melhor proposta financeira entre as empresas consultadas.

Blankenship conta que todo o trabalho teve como ponto de partida muitas pesquisas. “Foi realizada uma mudança muito grande, pois o espaço merecia uma remodelação deste porte. Posso dizer que poucos clubs no mundo têm essa posição dentro da cidade, uma localização tão próxima da área central de Curitiba. E ao mesmo tempo, com um belíssimo visual natural. Segundo Blankenship, o salto técnico é marcante. Agora, com o novo campo, o Graciosa adquire condições técnicas de campos que estão entre os melhores do mundo, sem dúvida!”

Perfeito em todos os detalhes

A obra começou com a retirada da grama. Foi feita a terraplenagem e os serviços para drenagem. A fase seguinte, o emprego de pedra brita e areia para a criação das bases dos greens e obstáculos. Todo o sistema de irrigação foi remodelado para receber a grama definitiva.

“O maior desafio foi o espaço limitado para concretizar a obra, por conta das demais estruturas do clube e propriedades vizinhas”, prossegue o arquiteto. “Mas como tivemos apoio total do Graciosa, tudo correu muito bem. Ao final, não foi um desafio, mas um grande prazer transformar este projeto em realidade”.

Dan Blankenship já conhecia o clube, mas há 15 anos não retornava a Curitiba. “Fiquei impressionado com as mudanças e evolução. Afinal, além de trabalhar com o golfe, também jogo muito. Espero poder jogar aqui em breve”.

 

Parecer dos capitães

Os greens, área final de cada buraco, estão entre os principais destaques, como destaca a capitã do golfe Leslie de Oliveira Bocchino. “Tiveram seu tamanho aumentado e privilegiam o jogo de precisão, no qual a busca pela bandeira é essencial”, explica.

Para Leslie, o novo projeto privilegiou a beleza já consagrada do espaço esportivo. “É um lugar espetacular para o esporte, entre os mais bonitos do país, e agora com um projeto moderno de alto nível”, diz. “Esta obra será motivo de orgulho para todos nós, pois demonstra a capacidade do clube em se reinventar, modernizando e melhorando seus espaços”.

Os golfistas, acrescenta, continuarão contando com um quiosque, no mesmo local do já existente, como um indispensável ponto de apoio. Os bancos também permanecerão no campo, oferecendo descanso aos esportistas enquanto aguardam as jogadas de seus parceiros ou da turma anterior. “Certo é que nestes bancos as tacadas são comentadas e os laços de amizade reforçados, sempre nos fazendo lembrar que amanhã é um novo dia e o campo estará lá, nos esperando para desfrutar momentos tão especiais”, garante.

Uma referência nacional

Já o Capitão do Golfe, Guilherme Costa, destaca que o campo do Graciosa sempre foi referência no Brasil e agora voltará a ter um lugar de destaque como um dos melhores do país. Os greens seguem os critérios da USGA (United States Golf Association) e vêm se somar a sistemas de irrigação e drenagem atualizados. A imponência de alguns buracos em especial, como o 6, 7 e 8, também vai impressionar mesmo o mais viajado dos jogadores. Mas isso sem fazer do novo espaço algo restrito aos mais experientes.

“Todo o conceito de modernização do campo foi fundamentado na idéia de atender aos anseios do maior número possível de associados golfistas. Com a introdução do sistema de 3 tees de saída, será possível dar mais flexibilidade à escolha do grau de dificuldade de jogo que cada um deseje”, detalha o capitão. “Quem optar por jogar dos tees de trás encontrará um campo mais desafiador, com mais dificuldades. Quem sair dos tees da frente encontrará um campo mais amigável e divertido”.

Costa também aponta a entrega da obra como um novo marco na história do Graciosa: “O golfe é um dos maiores diferenciais que o nosso clube possui. O golfista é um apaixonado e com a inauguração do campo, imagino que muitos daqueles que ao longo dos anos foram se afastando ficarão tentados a retornar e usufruir do nosso novo campo”.

Agradecimentos especiais

Tanto os Capitães como o Presidente e Diretoria agradecem a compreensão dos sócios no período de obras e celebram a participação dos colaboradores, que foram fundamentais para o bom andamento do trabalho.

“Contamos com o trabalho dedicado de 50 funcionários do clube que atuaram diretamente na obra. O novo bosque do campo conta com uma placa homenageando todos estes funcionários”, relembra Bley Filho. “O plano de manejo teve como grande destaque o plantio de 144 árvores nativas, de espécies como Ipê Roxo, Pau Ferro, Jequitibá, Guapuruvu, Aroeira e Cássia”.

O Presidente presta ainda homenagem especial ao Capitão do Golfe do Clube Curitibano, Patrice Vian, que abriu as portas para que os jogadores do Graciosa pudessem jogar no clube parceiro durante a reforma.

Expectativa e primeiras tacadas

A expectativa entre os golfistas graciosanos é grande. Mas já tem data para terminar. O clube realiza nos dias 18 e 19 de março um torneio fechado do clube, para que os golfistas de todos os níveis possam jogar e conhecer o novo campo. O Graciosa conta hoje com 349 associados federados (273 homens, 67 damas e 9 juvenis).

“Somando todas as melhorias que foram executadas, não tenho dúvidas em afirmar que o novo campo será uma grata surpresa a todos que vierem jogar o nosso Aberto”, aponta o capitão Guilherme Costa. E a capitã Leslie Bocchino conclui: “Os desafios técnicos serão um ponto alto da competição, que exigirá do competidor maior atenção as suas tacadas do que à admiração a beleza do nosso campo. Tudo isso propiciará uma grande confraternização e diante do charme do nosso campo. Os vencedores serão mero detalhe”.

69ª Edição do Aberto de Golf Cidade de Curitiba

Organizado pelo Graciosa, em sua sexagésima nona edição, o Aberto de Golf acontecerá de 13 a 23 de abril e reunirá cerca de 300 jogadores de todo o país, nas categorias profissional e amador, masculino e feminino.

Os jogos acontecem em duas etapas, quem joga a primeira não joga a segunda. O torneio contabilizará pontos para o ranking Paranaense e Mundial.